Condenado pelo mensalão e em desdobramentos da Lava Jato, José Dirceu volta ao Congresso para sessão solene » Conexão Política

Sob alegação de celebrar a democracia brasileira, o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, de extrema esquerda, marcou presença nesta terça-feira (2) em uma sessão especial do Senado.

Imagem Responsiva com Link

Publicidade

A participação do braço forte de Lula no evento marca seu retorno ao Congresso Nacional após 19 anos. Segundo Dirceu, essa foi a primeira vez que ele esteve no Congresso desde que teve seu mandato cassado pelo plenário da Câmara, em 2005, no auge do escândalo do mensalão.

Condenado tanto no mensalão quanto em desdobramentos da Operação Lava Jato, Dirceu ascendeu nos holofotes da imprensa em 2022, durante a campanha de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Presidência.

O retorno do ex-ministro ao Congresso ocorreu por convite dos organizadores da sessão especial e do Conselho Editorial do Senado, responsável pela organização de um dos livros lançados durante o evento. Na condição de presidente da sessão, o líder do governo no Congresso, senador Randolfe Rodrigues (sem partido-AP), anunciou a presença de Dirceu, que foi calorosamente aplaudido.

Minutos antes do início da sessão, José Dirceu foi ovacionado tanto dentro quanto fora do plenário principal do Senado por profissionais da Casa legislativa, incluindo nomes da imprensa convencional. Diversos jornalistas conversaram com ele, tiraram fotos e o questionaram sobre seu retorno à política.

Últimas Notícias