Leite nega fraqueza do PSDB e diz ver resiliência em partido

eduardo leite
Na foto, Eduardo Leite (PSDB), governador do Rio Grande do Sul

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), negou que seu partido esteja enfraquecendo e vê a legenda resiliente em meio às mudanças. A declaração foi dada em entrevista à GloboNews.

Segundo Leite, a legenda se mantém entre as principais do país com 3 (de um total de 27) governadores filiados à sigla. Além do gaúcho, os governadores Eduardo Riedel (Mato Grosso do Sul) e Raquel Lyra (Pernambuco) também fazem parte da cúpula do PSDB. 

Não vejo o tamanho do partido medido pelo número de filiados, mas sim pela resiliência e fortaleza. O PSDB é resiliente e forte. Temos 3 governadores, lideranças importantes“, afirmou. 

Nas últimas semanas, porém, o partido tem enfrentado debandadas após mudanças nos comandos locais e a demora na escolha de apoios para as eleições municipais.

Uma das saídas mais sentidas foi a do senador Izalci Lucas (DF), que deixou a legenda e migrou para o PL do ex-presidente Jair Bolsonaro. Com a baixa, o PSDB se tornou o menor partido do Senado junto com o Novo, com apenas 1 congressista na Casa.

Em São Paulo, vereadores também deixaram a legenda depois da indefinição sobre o apoio ao prefeito Ricardo Nunes (MDB). O partido faz parte da base do governo paulistano e os parlamentares querem aderir à campanha de Nunes. Entretanto, a executiva do PSDB cogita apoio à deputada federal Tabata Amaral (PSB-SP).

Fonte: Poder360

Últimas Notícias