Maria do Rosário toma primeira “sova” em Porto Alegre

Na disputa pela prefeitura de Porto Alegre, a deputada federal Maria do Rosário (PT) enfrenta um desafio significativo, com seu oponente, Sebastião Melo (MDB), buscando a reeleição, apresentando uma vantagem considerável nas intenções de voto. Segundo um estudo conduzido pelo Real Time Big Data e divulgado nesta segunda-feira, Melo alcança 40% das intenções de voto, enquanto Maria do Rosário registra 22%. A pesquisa entrevistou mil pessoas entre os dias 29 e 30 de março, com uma margem de erro de três pontos percentuais.

Maria do Rosário, que é a principal concorrente de Melo, encontra-se atrás nas preferências dos eleitores, com a ex-deputada Luciana Genro (PSOL) seguindo com 7%, Any Ortiz (Cidadania) e Juliana Brizola (PDT) ambas com 5%, a vereadora Comandante Nádia (PP) com 4%, e o deputado estadual Thiago Duarte (União) marcando 2%. A pesquisa também indica que 7% dos entrevistados planejam votar em branco ou nulo, enquanto 8% não souberam ou preferiram não responder.

Em uma análise espontânea, onde os candidatos não são apresentados previamente, Sebastião Melo mantém-se na liderança com 20% das intenções de voto, seguido por Maria do Rosário com 3% e Manuela D’Ávila (PCdoB) com 2%. José Fortunati (União), ex-prefeito da cidade, obteve 1%. No entanto, 57% dos entrevistados não indicaram um candidato ou não responderam, enquanto 14% optaram por voto nulo ou branco.

 

Perspectivas para o segundo turno

Em simulações de segundo turno, Sebastião Melo mantém sua liderança em todos os cenários propostos pela pesquisa, superando Maria do Rosário com 53% dos votos e Luciana Genro com 55%, enquanto elas obteriam 33% e 29%, respectivamente.

Vale destacar que nas eleições de 2020, a candidata Manuela D´Ávila, mesmo com apoio do PT, sofreu uma derrota expressiva para Sebastião Melo no segundo turno, com uma diferença de 54,6% a 45,4% dos votos.

O cenário político em Porto Alegre se mostra desafiador para Maria do Rosário, que enfrenta a tarefa de conquistar o apoio necessário para reverter a vantagem de Melo. Com as eleições se aproximando, a disputa promete esquentar, com os candidatos buscando consolidar suas propostas e conquistar o eleitorado da capital gaúcha.

Últimas Notícias