Fugitivos de Mossoró são presos no Pará após 50 dias

Foto: Arquivo/Reprodução

Após um período de 50 dias, as autoridades finalmente conseguiram capturar os dois criminosos que haviam fugido da Penitenciária Federal de Mossoró (RN) em 14 de fevereiro. Deibson Cabral Nascimento e Rogerio da Silva Mendonça são associados à facção criminosa Comando Vermelho que atua no estado do Acre.

Eles foram localizados na cidade de Marabá (PA), situada a mais de 1.600 quilômetros de distância da prisão. A operação de captura foi coordenada por equipes da Polícia Federal (PF) em colaboração com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Os traficantes foram detidos na ponte que cruza o Rio Tocantins. Segundo informações preliminares, essa abordagem específica foi realizada para evitar a possibilidade de fuga através do rio.

Imagem Responsiva com Link

Publicidade

Durante a fuga da penitenciária, os dois indivíduos criaram uma passagem por um buraco localizado atrás de uma luminária, além de cortarem duas cercas de arame utilizando ferramentas provenientes de uma obra em andamento no local.

O episódio marca a primeira vez na história do sistema penitenciário federal em que uma fuga é registrada. Além da unidade em Mossoró, outras quatro penitenciárias federais estão localizadas em Brasília (DF), Catanduvas (PR), Campo Grande (MS) e Porto Velho (RO).

Últimas Notícias