Ministério Público do Rio quer derrubar decreto que desobriga máscaras em Duque de Caxias

O Ministério Público e a Defensoria Pública do Rio de Janeiro ingressaram com uma medida para suspender o decreto municipal que desobriga o uso de máscaras em Duque de Caxias (RJ). A decisão da prefeitura entrou em vigor no início da semana. Enviado à Justiça na quarta-feira 6, o pedido assinado pela promotora Carla Carrubba e a defensora Flávia da Silva alega a baixa cobertura vacinal, a falta de embasamento científico e o descumprimento de normas do governo estadual.

O documento pede o retorno da obrigatoriedade até que o município apresente um relatório embasado em “evidências científicas”. O estudo deve apontar a quantidade mínima de vacinas aplicadas para dispensar o uso das máscaras.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.