Artigos

URGENTE: Flavio Dino será denunciado ao Tribunal de Haia por crime de guerra (veja o vídeo)

URGENTE: Flavio Dino será denunciado ao Tribunal de Haia por crime de guerra (veja o vídeo)

O ministro da Justiça e homem forte do governo Lula, Flávio Dino, será denunciado por crime de guerra ao Tribunal Penal Internacional, de Haia (Holanda), por um grupo de parlamentares da oposição por ter consentido com a prisão ilegal de 1.300 pessoas, dia 8 de janeiro, após o quebra-quebra em prédios do governo, em Brasília (DF).

Lula e o general Gustavo Henrique Dutra de Menezes, ex-chefe do Comando Militar do Planalto, também serão denunciados pelos mesmo crime, durante uma viagem de deputados e senadores à Holanda e a outros países da Europa.

A informação partiu do senador Jorge Seif (PL-SC) durante participação no programa Raio X da Política, da jornalista Berenice Leite.

Nesta terça-feira (19), Seif e um grupo de oposição ao governo terão um encontro com ministros do Superior Tribunal de Justiça para darem andamento à denúncia de crime de responsabilidade e prevaricação de Dino no caso das imagens do Ministério da Justiça, que teriam sido apagadas após três episódios de postergação da entrega do material pedido pela CPMI do dia 8. 

“Você é ministro da Justiça do Brasil. Acontece um fato como o do dia 8 de janeiro e você não preserva as imagens? Você não faz backup dessas imagens? Por que apareceram imagens de quatro câmeras se há quase 200 no prédio? Cadê as imagens que a Polícia Federal entregou ao STF?”, indagou.
Sobre a denúncia em Haia, o senador disse que pretende “botar a boca no mundo” e revelar que Lula, ilegalmente por não ter nenhuma lei que o amparasse, teria ordenado que o general Dutra prendesse as pessoas, após enganá-las de que poderiam voltar para casa.