APARALHAMENTO! “O jornalismo profissional se tornou uma máquina de militância de esquerda”, diz jornalista

O jornalista Paulo Figueiredo Filho, que é atualmente uma das vozes mais conservadoras da Jovem Pan, não faz mais parte do programa diário “3 em 1” da emissora.

“Queridos, informo a vocês que a partir de hoje não farei mais o programa 3em1 na Jovem Pan. A decisão foi da rádio, mas, acreditem, foi muito benéfica para mim – depois explico mais detalhes”, comentou.

“O jornalismo profissional morreu”, ressaltou Paulo.

O motivo para a retirada do jornalista teria sido a discussão com a jornalista Thaís Oyama.

Confira o vídeo

Compartilhe:

85 thoughts on “APARALHAMENTO! “O jornalismo profissional se tornou uma máquina de militância de esquerda”, diz jornalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.