Governo Federal estima cerca de 400 ações da PF contra governadores nos próximos meses, estados como Bahia, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, São Paulo e Amazonas lideram

Membros do Palácio do Planalto estimam que, nos próximos meses, cerca de 400 ações de busca, apreensão e prisão da Polícia Federal contra governadores e prefeitos devem ser deflagradas.

A medida, segundo a jornalista Bela Megale, é vista como uma tentativa de fazer frente à CPI da Covid-19, instalada na última semana e teria chegado até alguns senadores que fazem parte da Comissão Parlamentar.

A Polícia Federal auxilia o Ministério Público Federal no inquérito que apura a compra de respiradores pelo Consórcio Nordeste em 2020, na época presidido pelo governador Rui Costa (PT), com a Hempcare, que não entregou os aparelhos usados no tratamento da Covid-19, mesmo após o recebimento do dinheiro.

política ao vivo

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.