Estudo de Manaus: parentes quebram o silêncio sobre mortos com superdosagem de remédio: A dosagem era mortal, mesmo que os pacientes não tivessem doença nenhuma.

Entrevista com o repórter investigativo David Ágape, da Gazeta do Povo, que localizou parentes de alguns dos 22 mortos em estudo de Manaus com remédio experimental, em março de 2020.

Há suspeitas de que as mortes tenham sido causadas pela superdosagem do medicamento, que estava em estudo em pacientes graves de Covid.

Segundo infectologistas a dosagem era mortal, mesmo que os pacientes não tivessem doença nenhuma.

Leia a reportagem de David Ágape aqui: https://bit.ly/3jRe53g

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.