Assembleia do Rio aprova flexibilização do uso de máscaras

Texto será encaminhado ao governador Cláudio Castro, que pode sancioná-lo ou vetá-lo em até 15 dias

Uso de máscara ao ar livre no Estado do Rio será opcional, definiu Assembleia Legislativa

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou nesta terça-feira, 26, um projeto de lei que flexibiliza o uso de máscaras ao ar livre no Estado. O texto será encaminhado ao governador Cláudio Castro, que pode sancioná-lo ou vetá-lo em até 15 dias.

O texto-base da proposta, aprovado em votação simbólica pelo plenário, é de autoria do deputado estadual André Ceciliano (PT), presidente da Casa, e modifica uma lei de junho do ano passado que determinou a obrigatoriedade do uso das máscaras durante a pandemia de covid-19.

Durante a sessão na Alerj, parlamentares contrários à flexibilização tentaram incluir um destaque ao projeto estipulando que a flexibilização só ocorresse depois de 80% da população do Estado estar totalmente vacinada contra a covid-19. A proposta foi rejeitada por 48 votos a 13.-Publicidade-

“Nós estamos respeitando a ciência. Já é hora. Vamos continuar mantendo [o uso de máscaras] em locais fechados e sempre ouvindo a Secretaria estadual de Saúde. Eu disse e repito: nós ainda continuamos acreditando na ciência. A política, nesse caso, não vai intervir”, afirmou Ceciliano.

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio prepara uma nota técnica que vai definir os patamares mínimos para a liberação do uso do equipamento de proteção facial. A cidade do Rio de Janeiro chegou hoje à marca de 65% de sua população totalmente vacinada contra a covid-19.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.