VIROU NOTÍCIA NO MUNDO! Desarmamentista e anti-Bolsonaro, assessor de governadora petista é preso após “atirar” contra uma família

Em novas pesquisa, Lula aparece com mais do que o dobro de intenções de  voto de Bolsonaro; Veja os números - Plu7

O coordenador de Análises Criminais da Secretaria Estadual de Segurança Pública do Rio Grande do Norte, Ivênio Hermes, foi preso na noite desta segunda-feira (9) após efetuar disparos contra uma família em uma casa na avenida Praia de Pirangi, em Ponta Negra, Zona Sul de Natal. Ele foi autuado por disparo de arma de fogo e ameaça.

A confusão ocorreu com um dos vizinhos do coordenador. O uruguaio Pablo Sanchez é instrutor de surf, casado e pai de três filhos, de 13 anos, 9 anos e um bebê de um ano e quatro meses.

A vítima contou que seus filhos foram acusados de tocar a campainha da casa de Ivênio Hermes repetidas vezes e que o coordenador teria se irritado com as crianças.

Após ir conversar com Hermes, que teria ameaçado seus filhos, Sanchez foi xingado e devolveu as ofensas. Em seguida, o coordenador seguiu o pai de família até sua casa e efetuou pelo menos seis disparos contra a residência.

“Passaram pela frente de uma casa e um vizinho achou que tinham tocado a campainha dele, mas o fato não condiz, porque meus filhos vinham com as duas mãos ocupadas com sacolas e meus filhos são muito respeitosos. Quando chegaram em casa, me falaram que um vizinho tinha ameaçado eles. Fui tomar satisfação, ele me xingou eu o xinguei e ele ameaçou a gente. Nunca imaginei que ele iria atrás da gente” — contou o instrutor surf.

“Ele chegou dentro da minha casa e atirou. Eu não sabia que ele era uma pessoa importante. Não tenho intenção de incomodar ninguém, mas não posso permitir que entre uma pessoa em minha casa, atirando por causa de uma campainha” — acrescentou.

Desarmamentista e anti-Bolsonaro

Nas redes sociais, Ivênio Hermes se apresenta como “Escritor, Cientista Criminal, Mestre em Cognição, Tecnologias e Instituições, Analista em Gestão”. Em sua página oficial no Face book, ele não esconde seu posicionamento anti-Bolsonaro e a favor do desarmamento civil. No início deste ano, por exemplo, Hermes compartilhou uma publicação com os seguintes dizeres: “Me armo de livros, me livro de armas”.

Fonte: G1

Fonte: Terra Brasil

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.