PolíticaPrincipal

Diretório Nacional do PSL confirma punições a 18 deputados ligados a Bolsonaro

O Diretório Nacional do PSL confirmou nesta terça-feira (3) punição a 18 deputados da sigla ligados ao presidente da República, Jair Bolsonaro.

As penas vão de advertência até suspensão das atividades partidárias por 12 meses e foram recomendadas pela Executiva Nacional da legenda na semana passada. Nesta terça, o diretório homologou as punições.

O Deputado Federal General Girão (RN) foi punido com uma advertência de três meses.

Confira a lista dos parlamentares suspensos:

  • Bibo Nunes: 12 meses
  • Alê Silva: 12 meses
  • Bia Kicis: 6 meses
  • Carla Zambelli: 6 meses
  • Carlos Jordy: 7 meses
  • Daniel Silveira: 12 meses
  • Eduardo Bolsonaro: 12 meses
  • General Girão: 3 meses
  • Felipe Barros: 6 meses
  • Junio Amaral: 3 meses
  • Príncipe Luiz Philippe de Órleans e Bragança: 3 meses
  • Márcio Labre: 6 meses
  • Sanderson: 10 meses
  • Vitor Hugo: 7 meses

Além dos citados acima, outros quatro deputados foram punidos com advertência:

  • Aline Sleutjes
  • Chris Tonietto
  • Hélio Lopes
  • Coronel Armando

G1

Fechado para comentários.