Na mira do comunista Rui Costa, médicos baianos já perderam 26 colegas para a Covid-19

Na mira do governador Rui Costa (PT) desde o início da pandemia de Covid-19, os médicos baianos já sofreram muitas baixas desde que a luta contra o coronavírus começou, em março do ano passado.

Levantamento do Conselho Federal de Medicina (CFM), publicado no site da entidade, mostra que até o momento 624 médicos já morreram no Brasil de Covid.

A Bahia é o nono estado com mais médicos mortos: foram 26 até agora. O Rio de Janeiro é campeão nacional de mortos, com 98. Em segundo vem São Paulo, com 70, e o Pará em terceiro, com 63.

Nesta quarta-feira, o Política ao Vivo noticiou que dezenas de médicos receberam aviso prévio de demissão. O Governo da Bahia pretende recontratar cerca de 800 profissionais via PJ (Pessoa Jurídica), sem qualquer direito trabalhista.

Os médicos baianos ameaçam entrar em greve após a decisão do governador. Mas os atritos de Rui com os profissionais de saúde acontecem há mais tempo.

Desde o início da pandemia, Rui se disse a favor de que médicos formados no exterior pudessem ser avaliados pelas unidades estaduais para trabalharem no Brasil. Atualmente, somente o Governo Federal, através do Revalida, pode aprovar a formatura de médicos no exterior

.Política ao Vivo

Compartilhe:

19 thoughts on “Na mira do comunista Rui Costa, médicos baianos já perderam 26 colegas para a Covid-19

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.