STF concede habeas corpus a Roger Abdelmassih

Nesta terça-feira (23), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski concedeu  um habeas corpus ao ex-médico Roger Abdelmassih. O médico está preso na Penitenciária 2 de Tremembé, em São Paulo. Ele foi condenado a 173 anos de prisão por crimes de estupro e atentado ao pudor praticados contra pacientes.

O ex-médico alega ter problemas cardíacos e pulmonares, além de sequelas de um AVC. A decisão de Lewandowski autoriza a imediata internação de Abdelmassih no Hospital Penitenciário do Estado de São Paulo. O magistrado entendeu que é preciso esclarecer o real quadro de saúde do ex-médico diante das divergências entre relatórios médicos que constam no processo.

“Embora este relator reconheça a gravidade dos crimes cometidos por Roger Abdelmassih, faz-se necessário, considerada a situação conflitante entre relatórios médicos constantes dos autos, a concessão da ordem de habeas corpus, de ofício [iniciativa da Corte], para, uma vez mais, determinar a internação imediata do ora paciente no Hospital Penitenciário do Estado de São Paulo”, escreveu o ministro do STF.

Abdelmassih teve o registro cassado pelo Conselho Regional de Medicina de São Paulo depois que as denúncias de abuso sexual vieram à tona. Conhecido por atender celebridades, ele era especialista em fertilização in vitro.   

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.